quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O QUE SE PASSA COM DHLAKAMA ?

Prezados,

Gostaria que, de forma lúcida, isenta e imparcial, me ajudassem a entender o
que se passa com o líder da Renamo. Afinal de contas, que tipo de líder é esse?
Será que tem um perfil ideal de alguem que já e/ou almeja um dia presidir os
destinos da nossa bela pátria amada? Quem é que o assessora na área de
comunicação (de imprensa)?

Francamente falando, nunca esperei, que depois das atrocidades que esse senhor
cometeu durante de 16 anos, numa missão de mercenário ao serviço do apartheid
contra o maravilhoso povo moçambicano, fosse capaz de despertar fantasmas da
guerra e horror. É lamentável quando chegamos a esse nível. Pior ainda,
simplismente não entendo o que é que ele pretende fazer em Nampula. Mais uma
coisa lhe garanto: por tudo que é sagrado, Dhlakama não é capaz de
instrumentalizar e usar o povo makhua (de Nampula) para o negócio de armas que
ele quer abrir. Está completamente enganado a esse respeito. Que procure outro
buraco para matar as saudades que ele tem das matas.

Meus caros, eu digo isso sinceramente. Não tenho nenhum poder especial, mas
estou farto das merdas desse terrorista pa! Peço desculpas pelo tom. Mas,
definitivamente, Dhlakama fartou!!! E o pior é que está sempre a usar o povo
moçambicano para nos lembrar atrocidades que ele cometeu ao longo de 16 anos.
Fez isso em Mocimboa da praia e Montepuez (Cabo Delgado), fez o mesmo em Angoche
e Mogincual (Nampula), entre outros locais. Agora quer generalizar as
barbaridades dele para toda a provincia de Nampula. Está enganado!!! Depois vai
acusar o governo da Frelimo.

Temos que dar um basta a esse tipo pa. Eu sou da opinião que se relegue esse
tipo ao ostracismo, já está a enjoar.

Saudações de paz a todos os moçambicanos do bem!

Por: Momade Ali
m.aali2009@yahoo.com

2 comentários:

Nero Kalashnikov disse...

Caro Momed Ali'

Ignore simplesmente ao velho mouco. E' um leao sem dentes, sem garras e sem juba. So ficou o rugir do leao. Nem na rua dos caes ele mete medo a um cachrrinho chiwawa

Anónimo disse...

Dhlakama é um tarado político. Acho que Moçambique merece melhor para a sua oposição.

Dias - Leiria